domingo, julho 24, 2005

Refiliação sim ou não?

Será que a nossa estrutura está preparada para fazer uma Refiliação?
Porquê?
Como?
Durante quanto tempo?

Queria saber a vossa opinião..

3 Comments:

Blogger Rita Cavaleiro Madeira said...

Antes de mais nada, é com muita pena minha que respondo a estas questões só agora, não sou grande assídua de blogs, mas volta e meia dou uma espreitadela, para ver o que se passa por aqui!
Então cá vamos...
Se a JS está preparada ou não para a Refiliação? Julgo que não. A JS está convencida que é a Juventude Partidária com mais militantes, e tem "medo" de ver os reais números. Sou a Favor da Refiliação, acho que já chega de ter listagens cheias de gente que não liga nenhuma a politica e que só lá está porque era amigo, do amigo que tinha ambições politicas.
Como todos sabem ( e se não sabem passam a saber), não sou nada a favor do cacique, acho que as pessoas valem pelo seu trabalho e empenho e não pelo número de "carneirinhos" que levam a votar cada vez que há eleições Concelhias, Federativas ou Nacionais. Chega de hipocrisia! Chega de ouvir que tal núcleo não tem tanta representatividade do que outro, só porque não tem uns 80 militantes fantasmas lá! Garanto que prefiro um núcleo com 2 pessoas, do que com 200 que mesmo assim só 2 é q se destacam!
Em relação a como se processaria a Refiliação é simples, faz-se o que a JS Nacional faz de melhor, Cartas para todos os Militantes inscritos a informar que até à data tal está a proceder-se ao Processo de Refiliação (de preferência com uma prazo de pelo menos 2 mesinhos) não vão os chefões do cacique não conseguir contactar com os seus cordeirinhos todos! Todos os militantes que se queiram Refiliar teriam de enviar para a sede nacional nova ficha de Adesão, ou uma elaborada para o efeito, sob pena, passados os tais 2 meses serem retirados das listagens da JS e por conseguinte deixarem de pertencer à JS.
Agora a questão que se coloca é:
- será que o actual secretariado Nacional, bem como o nosso digníssimo Secretário-geral está disposto a deixar de ser a Juventude partidária com mais militantes? Será que terão coragem para ver os reais números? Se hoje em dia há Federações que já nem deveriam existir, porque nem os nucleos, nem as concelhias fizeram eleições no tempo suposto, como é que será que fica a nossa estrutura depois da refiliação?
Cabe-vos a vocês, eleitos por maioria no último Congresso Nacional, levar à Comissão Nacional essa proposta. Eu como mera militante da JS, que nem sequer tem voto na comissão nacional, posso apenas disponibilizar-me para vos ajudar no processo, caso tenham coragem de o aprovar.

Rita Cavaleiro Madeira

1:41 da manhã  
Blogger André Cruz said...

Antes de mais, quero elogiar a Rita pela forma construtiva do seu comentário. Pois eu concordo em grande parte com ela só coloco reticencias quando me lembro do que se sucedeu em Abril. que a máquina (organizativa)foi abaixo(já agora, recuperou?)existem militantes que entregaram a sua ficha de inscrição na sede Nacional e não aparecem nas Listas.
Já Agora não me parece justo que militantes de menos de um ano de actividade, que nem sequer tem cartão ou aparecem em listas estejam sujeitos a uma refiliação.

7:00 da tarde  
Blogger Gustavo "Che" Gouveia said...

Antes de mais, queria dizer que a minha Ritinha, actual minha secretária coordenadora, rula mesmo muito.
Eu estava a examinar as listagens do meu nucleo e encontrei um rapaz de 28 anos que vive ao lado do meu Pai. Fui lá visitá-lo, e interroguei-lhe sobre a JS.
Ao fim de uns 30minutos, ele lembrou-se que tinha 1 amigo do liceu que o convenceu a entrar para "isso" e de preenxer a ficha etc, para o ajudar. Até foi votar uma vrz, haviam já 12 anos. Como a morada estava ligeiramente mal escrita, as cartas iam parar ao prédio em frente e por isso, ele nunca recebeu nenhuma. Nem sequer o cartão chegou a ver. Portanto a actividade politica deste militante do meu nucleo é...0
agora, se eu tirar todos os militantes que se inscreveram nesta altura, provavelmente em circunstancias identicas, posso perder o suficiente numero de militantes para ter menos um delegado ao congresso. Ou a nível de concelhia, quantos delegados teria ainda Lisboa direito? E a influencia da JS, era assim tão grande?
Mas ponho outra pergunta, além do dinheiro que se gasta a fazer mailings(muitas vezes não é pago pela estrutura) será que nos prejudica a existencia de militantes fantasma?
MayB not. Serve para fingirmos que somos a "maior" juventude partidária, quanto á refiliação, gastavamos toneladas de dinheiro com isso. Mas os que participam, participam com ou sem fantasmas á volta.
Beijinho á Rita, e abraços aos restantes

(PS: ouvi dizer que agora nem é preciso BI para inscrever menores de 18 anos...meu Deus, vaiss rebentar as xcalas do cacik:X)

2:11 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home