quinta-feira, maio 11, 2006

Ter Noção dos Limites do Razoável!!!!



O debate político quando é competitivo, leva sempre a uma troca argumentos mais veementes, mais incisivos, muitas vezes a roçar o limite do razoável. Já assistimos a um congresso nacional da JS com quatro candidatos em pleno debate de ideias, ultrapassando por vezes o limite da discussão dos seus projectos. Mas já sabemos que temas como a competência de cada um, a equipa que leva e o projecto que tem, são inevitavelmente temas de discussão. Mas olhando para trás, a esse nível, julgo que o que foi dito, pelos candidatos, foi genericamente mais ou menos razoável.
Lembro-me de na altura, fora deste circulo mais restrito, a existência de uns "famigerados" blogs, que revelavam o que de mais negro tem a natureza Humana; a calunia, a ofensa, a hipocrisia e o esquizofrenismo mais puro, dirigidos directamente à pessoa com a intenção de a prejudicar, não apenas politicamente, mas também, magoa-la o mais possível na sua vida pessoal. Gentalha desta não merece deixar de ser militante apenas, merece deixar de ter o respeito de todos nós. Merece desprezo!
Foi o que me foi dito na altura. Afirmação com a qual eu concordo perfeitamente.
Há quem diga que a pessoa abusada torna-se mais tarde uma abusadora mais perigosa! Para não irmos mais longe...
Mas tendo em conta os últimos acontecimentos, parece que isto de facto aconteceu! Os recentes posts no blog independências foram longe de mais. Três pessoas acusadas de um crime de agressão e intimidação... Quem as condenaram? Onde estão as provas? Onde esta o Deus ou o Juiz?
Será que temos noção aonde chegamos?
E a malta ainda por cima comenta no blog!!!!!! Não estiveram lá! Não viram nada! Ouviram dizer! Mas irresponsavelmente, como se nada fosse com eles, comentam! São afirmações gratuitas sem ter a noção do que se está a dizer.
Será que o Alexandre Santos gostava que eu o acusasse aqui de roubar carros ou a sua associação de estudantes? Ou o Pedro Sá? E a malta comentasse, a confirmar a acusação? Será que o patrão do Pedro Sá iria gostar de ler ou de ouvir, mesmo que confiasse no gajo?
Diriam que eu era passado dos cornos!!! Maluco!!! Esquizofrénico! Irresponsável! Autoritário! Etc, etc, etc!
Para ti Helena, a palavra de um, dois ou três indivíduos não deveriam bastar. Não estás a criticar uma pessoa por não concordares com ela a nível político, estás a acusa-la de um crime grave, tendo noção, espero que saibas, que a podes prejudicar pessoalmente.
Há que ter limites! Eu estaria a marimbar-me se dissessem que moro na Cova da Moura em vez do Campo Pequeno! Mas se me acusassem de um crime que não cometi, aí sofreriam as consequências devidas pelo crime de calúnia.
O mínimo que te peço é que retires os posts que acusatórios. Ainda por cima porque as pessoas são idóneas. Como é que é possível que alguém acredite, que três indivíduos, muito conhecidos por todos, levaram um gajo alcoolizado para uma casa de banho e o espancaram? E alguns acreditaram! Ó Alexandre Santos, nós não estamos na Venezuela nem em Cuba!
O irónico disto tudo, é que ainda acredito, que tudo isto foi dito irresponsavelmente, por profunda estupidez, ser ter noção das consequências reais das coisas.
Na JS já estou à espera que digam tudo! Que nós somos de esquerda, ou até demasiado à esquerda. Bloquistas! Autoritários! Oportunistas nas bandeiras da JS! Até incompetentes!
Estão no vosso direito de o dizer! Tal como nós estamos, espero que percebam isso, no direito de nos defender e dizer que são demasiado de direita, por exemplo.
É debate político!
Crimes!? É de DOIDOS!!!!!!
Francisco V. César
P.S.-- Para os que desconfiaram do meu silencio! Não merecem mais do que o meu silêncio!